Análise Huawei P10 Plus, o lindão da China

A Huawei é a fabricante chinesa mais famosa no momento, além de possuir grande número de smartphones que abrange vários segmentos. O P20 Pro já foi lançado, porém o P10 Plus com isso ficou mais barato e eu tive a grande oportunidade de ficar muitos dias usando o aparelho como meu smartphone principal para trazer uma análise completa.

Na análise do Análise Huawei P10 Plus você vai conferir as principais características do smartphone e descobrir se vale a pena importar esse belíssimo aparelho que tem hardware potente com Kirin 960 Octa-core 2.4 GHz aliado a 6 GB de memória RAM e 64 GB de armazenamento na versão testada.

Acompanhe: conteúdo exclusivo no Instagram: @Tudo_em_Tecnologia


PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS:

  • CHIPSET: Kirin 960 64-bit;
  • PROCESSADOR: Octa-core de até 2.4 GHz;
  • GPU: Mali-G71 MP8
  • MEMÓRIA RAM: 6 GB
  • MEMÓRIA INTERNA: 64 GB (expansível)
  • CÂMERAS: Dual 20 + 12 megapixels com flash dual-LED e frontal com 8 MP;
  • TELA: 5.5″ IPS-NEO com resolução QuadHD
  • BATERIA: 3750 mAh (carregamento rápido)
  • CONEXÕES: 4G, WiFi AC, Bluetooth, NFC e USB tipo-C
  • DIMENSÕES: 15,3 x 7,4 x 0,7 cm (A x L x E)
  • SISTEMA: EMUI 8.0 (Android 8.0)

ONDE COMPRAR?


ANÁLISE HUAWEI P10 PLUS

ACABAMENTO e DESIGN

Depois de testar o Honor 6X há vários meses eu fiquei muito satisfeito com a marca e tive a oportunidade de testar um flagship, o P10 Plus. Sua construção em metal me agrada muito mais que os smartphones em vidro e ele tem tipo uma textura que ajuda muito na pegada, não deixando ficar escorregadio como acontece com o OnePlus 5T.

O design é um dos mais belos que já vi! O Huawei P10 Plus azul é um smartphone muito bonito e diferenciado. As câmeras sem protuberância ajuda e muito a deixar ele com bela harmonia. Na lateral ele tem uma linha brilhante em todo aparelho, que dá destaque belíssimo.

A pegada dele é muito boa e se encaixa bem nas mãos, mesmo não sendo um smartphone pequeno, já que conta com 15.3 cm de altura com 7.4 cm de largura, entretanto muito fininho, somente 7 mm de espessura, bem menos que os 8.5 mm do S9 Plus que estou avaliando. Ele não tem certificação IP68, e realmente isso faz falta, porém o P10 Plus é resistente apenas a respingos de água.

Quem procura um belíssimo smartphone com identidade própria, o Huawei P10 Plus é perfeito. Ele tem várias opções de cores, como verde, gold, azul, preto, mas o azul é o grande destaque, sendo bem diferenciado.

CÂMERAS

A Huawei traz câmeras com proposta diferente das outras marcas, pois ele conta com um sensor principal de 12 megapixels com abertura f/1.8, enquanto o secundário tem 20 MP também f/1.8, porém é monocromático. E com software, ele ajusta tudo para melhor imagem possível. O P10 Plus é capaz de filmar em 4K a 30 FPS e em 1080p a 60 FPS.

No início eu achei que ele seria melhor, porém avaliando mais afundo e explorando alguns recursos, a câmera traseira do Huawei P10 Plus é muito boa. A noite explorando o modo manual dá para tirar leite de pedra e fazer fotos excelentes. E o melhor, é fácil de fazer os ajustes, bem mais prático que no S9 Plus.

No modo automático quase sempre ele vai muito bem, apenas em algumas situações ele deixa a desejar, mas é só mudar para o manual e fazer os ajustes. E como já falei, a noite o modo manual realmente é um show, como podem ver abaixo:

Para selfies ele tem um sensor frontal de 8 megapixels com abertura f/1.9 e na prática ele consegue entregar bons resultados. É possível também aproveitar o modo bokeh, mas nesse caso ele não foi tão eficiente, desfocando parte do contorno rosto também.

Se comparado ao OnePlus 5T que publiquei a análise há poucos dias, o Huawei leva melhor na câmera traseira, porém vai perder bem no sensor frontal. Os resultados no geral do P10 Plus foram satisfatórios e vai agradar quem gosta de qualidade das fotos.

As fotos publicadas nas análises dos smartphones Mi Note 3 e Honor 7X foram capturadas pelo P10 Plus.

DESEMPENHO

Há muito tempo a Huawei desenvolve seus próprios chipsets e com o P10 Plus é exatamente isso que acontece. Ele vem equipado com o Kirin 960 que tem 8 núcleos de processamento, sendo 4x Cortex-A73 de 2.4 GHz + 4x Cortex-A53 de 1.8 GHz. A versão testada tem 6 GB de memória RAM e 64 GB de armazenamento, o que forma um ótimo conjunto.

Atualmente os smartphones evoluíram muito em performance e praticamente não há diferenças significativas entre eles. Coloquei lado a lado o P10 Plus com o Galaxy S9 Plus e o resultado é que ambos são muito rápidos, com vantagens em alguns apps para cada modelo. E só pra constar, vai rodar tudo da Play Store muito bem.

Algo que gosto muito em aparelhos com muita RAM é o multitarefa, onde é possível deixar uma maior quantidade de apps abertos ao mesmo tempo e quando alterno entre eles, a resposta é imediata. E nisso graças aos 6 GB o P10 Plus faz muito bem.

Em muitos dias usando o P10 Plus como meu smartphone principal ele sempre se mostrou muito rápido em todas as tarefas diárias, não decepcionando em absolutamente nada no quesito performance.

SISTEMA

Há uma parcela de pessoas que gostam do Android puro e outras que preferem as personalizações. Eu fico na parte que gosta dos dois, por isso tanto me dou muito bem com OnePlus, como com P10 Plus e Galaxy S9 Plus, por exemplo. Esteticamente prefiro a interface da Samsung, é disparado a melhor entre os Android.

Falando da EMUI (versão customizada pela Huawei do Android 8.0), eu também gostei, ela tem muitas opções de configurações, vem com aplicativos úteis, como controle remoto (sim, ele tem infravermelho), gravador de som e Health, entretanto tem aqueles desnecessários.

Um ponto negativo é que ele inicialmente não é atualizado via OTA, é preciso instalar o Firmware Finder, fazer um procedimento, para ai sim aparecer o update. Depois disso eles chegam via WiFi normalmente, isso acontece porque o aparelho é chinês, mas foi modificado para Global, mas não se preocupe, o procedimento é muito fácil, bem mais simples que trocar a ROM no casos dos Xiaomi.

A interface da EMUI lembra a disposição e organização da MIUI, mas em alguns pontos a Huawei está na frente, principalmente em notificações, onde é possível responder facilmente todas. Só falta a empresa diminuir o tamanho dos ícones, ou pelo menos deixar que o usuário faça algum ajuste, pois fica tudo gigante na tela, mesmo usando DPI mínimo.

O sistema está totalmente em português do Brasil e como a primeira imagem mostra, Android 8.0 Oreo! E Play Store já vem instalado com todos Apps disponíveis. Está tudo rodando bem estável no P10 Plus, não tive problemas.

A Huawei deixou o P10 Plus com duas opções, onde o usuário pode usar os botões nativo do Android e ai perder um pouco de espaço útil na tela ou então usar o sensor de impressão de digitais com essa função, porém para isso é preciso usar gestos, onde pressionar e segurar ele vai para Home, deslisar para esquerda ou direita abre multitarefa com apps abertos. E claro, com telefone bloqueado ele vai desbloquear através da biometria, que inclusive é mais rápida e eficiente que do S9 Plus. As conexões funcionam perfeitamente e ele é compatível com 4G LTE brasileiro, inclusive o 4G+. Conta também com NFC, Bluetooth 4.2 e o infravermelho, como já citado.

TELA

Como o P10 Plus é do início de 2017, a proporção 18:9 ainda não era tendência, então ele ainda tem display 5.5 polegadas 16:9 com tecnologia Super IPS e alta resolução de 1440 x 2560 pixels, o que dá uma densidade de pixels por polegadas de 540ppi. Vale lembrar que ele vem com película já aplicada e para proteger ainda mais a case está presente também na caixa.

A qualidade do display IPS é excelente, o branco é realmente branco e não amarelado ou acinzelado como acontece em AMOLED, mas ai você também não tem as cores intensas e nem o brilho profundo dessa outra tecnologia. O brilho é muito bom e suficiente para ver tudo bem nítido em qualquer lugar, até mesmo na rua sob luz forte do sol. Assim como em outros smartphones, é possível escolher a resolução da tela entre HD, Full HD ou QuadHD, sendo que as duas últimas quase não se nota a diferença, só realmente “procurando”.

Em geral o P10 Plus está equipado com um dos melhores display IPS, oferecendo ótima qualidade de imagem e ângulo de visão amplo. Mesmo não estando no nível de um S8, S9, ela não faz feio.

BATERIA

Olhando as especificações do P10 Plus pode se animar muito na teoria, afinal o smartphone tem bateria de 3750 mah, entretanto na prática fica aquela decepção, afinal ele consegue a mesma coisa que aparelhos com menos capacidade, como o OnePlus 5T.

É aquele feijão com arroz dos smartphones, 5 horas de tela, 1 dia no máximo longe da tomada. Pelo menos ele tem carregamento turbo e já com carregador incluso no kit.

VALE A PENA?

O Huawei P10 Plus se mostrou um smartphone muito equilibrado, oferecendo desempenho de ponta, câmera traseira acima da média, design belíssimo e acabamento premium. A bateria infelizmente não se destaca, é a mesma coisa dos outros.

A grande questão que vai fazer o Huawei P10 Plus valer a pena será seu preço. Na GearBest ele está saindo por R$1699 na versão Global com 4 GB de RAM, o que é um bom valor, mas o custo-benefício não é tão grande como os aparelhos da Xiaomi.

Se você está em dúvida se vale a pena ou não, fique atento apenas no preço, pois ele tem muita qualidade! E eu recomendo a compra! Porém se a diferença de preço for pequena, melhor já olhar para o Huawei P20.

ONDE COMPRAR?

PERGUNTAS E RESPOSTAS

Demora muito tempo para chegar?

O P10 Plus foi mais um da remessa de dezembro que demorou acima da média e chegou bem atrasado, sendo ao todo 91 dias corridos! Porém isso aconteceu devido a greve dos fiscais da receita.

Paga imposto?

Todo produto importado de uma loja pode ser taxado. Porém o Huawei P10 Plus passou sem pagamento de taxa.

É seguro comprar na GearBest?

Sim, 100% seguro! A loja já é nossa parceira de longa data, então pode comprar com tranquilidade. Você pode aprender a comprar corretamente na loja seguindo nosso tutorial AQUI.

O produto tem garantia?

Sim, a loja oferece 1 ano de garantia a partir da data da compra. Para saber mais sobre garantia, consulte termos no site da loja.

Se você tem alguma dúvida sobre o OnePlus 5T ou de como importar o seu, deixe seu comentário!

NOTAS

ACABAMENTO e DESIGN - 9.6
CÂMERAS - 9.1
DESEMPENHO - 9.1
SISTEMA - 9.2
TELA - 9.2
BATERIA - 7
CUSTO-BENEFÍCIO - 8.7

8.8

Huawei P10 Plus mostra que tem um lindo design com acabamento premium, oferecendo ótimas câmeras, porém a bateria deixou a desejar, mesmo com grande capacidade. O preço poderia ser melhor, entretanto o smartphone é excelente!

COMPRAR RECOMENDAÇÃO
User Rating: 5 ( 1 votes)

NOTAS

ACABAMENTO e DESIGN - 9.6
CÂMERAS - 9.1
DESEMPENHO - 9.1
SISTEMA - 9.2
TELA - 9.2
BATERIA - 7
CUSTO-BENEFÍCIO - 8.7

8.8

Huawei P10 Plus mostra que tem um lindo design com acabamento premium, oferecendo ótimas câmeras, porém a bateria deixou a desejar, mesmo com grande capacidade. O preço poderia ser melhor, entretanto o smartphone é excelente!

COMPRAR RECOMENDAÇÃO
User Rating: 5 ( 1 votes)

Você vai gostar

4 Comments

  1. Thalisson, bom dia meu amigo!

    Gostaria de parabeniza-lo pelas matérias excelentes do site, visito diariamente e estão incríveis, só não curto muito rumores de lançamentos muito distantes da realidade, acho muito preciosismo mas enfim, você é um felizardo por morar num lugar tão lindo e com praia ainda por cima tudo de bom, mas voltando ao assunto em pauta excelente review eu assim como você também me viro bem com qualquer sistema android, pois vim de um Nexus 4 para a MIUI e não tive dificuldade de adaptação, outro adendo, hoje em dia com a ferramenta Mitool qualquer cabeça de bagre troca as ROM dos aparelhos da Xiaomi é muito simples e rápido, no mais seu resumo geral foi muito preciso e acertado.
    À propósito, você já testou o app Câmera do Google em algum Xiaomi? Sabe se dá alguma diferença significativa nas fotos, ao invés de usar o app nativo do sistema!
    Abraço!

    1. Luciano,

      Valeu amigo pela audiência! Realmente aqui é tudo pertinho de praias, uns 40 50 minutos tem algumas rsrsrs.

      Então, sobre o App, a diferença é absurda, o Gcam como é conhecido melhora demais as fotos. O ponto negativo é que precisa de root.

      E sobre o Mitool, é fácil, porém alguns aparelhos agora não podem mais fazer instalação. A Xiaomi está bloqueando, ai só desbloqueando o bootloader, mas isso é mais fácil ainda rsrsrs

      1. Uma pena ter de realizar o Root para instalar este app, não tenho o costume e para meu uso não é necessário, então o jeito é torcer para a Xiaomi melhorar os recursos via atualização de sistema, vou ficar na esperança.
        Também não sabia desta restrição de alguns modelos para usar o Mitool, vivendo e aprendendo, mesmo assim ainda é tranquilo trocar a ROM dos Xiaomi.

        1. Foi depois de atualização para nova versão da MIUI. O nosso Mi Note 3 por exemplo, não era possível. E no Redmi 5 Plus deu problema, ficou em bootloop ao instalar via Mi Tools, mas como tinha já marcado para desblquear bootloader, fiz isso e instalei manual =)

Deixe uma resposta

Close
Close