Uma notícia ruim para quem costuma fazer compras pela internet. Os Correios, novamente, decidiram descontinuar o e-Sedex, que atualmente era uma das modalidades mais em conta, a decisão já estará valendo a partir de segunda-feira (19).

Em novembro os Correios anunciaram que iriam abandonar a modalidade do e-Sedex, que tinha o foco nas vendas de lojas virtuais, com valores abaixo de outras modalidades, mas uma decisão da justiça fez com que os Correios fossem impedidos de encerrar a modalidade, que contava com valores próximos ao PAC, mas com um tempo menor de entrega.

É quase certo que o consumidor final acabe ficando com o prejuízo, já que o frete dos produtos ficará mais caro, ou vai acabar tendo que optar por receber o produto em um período de tempo maior.

Com os prejuízos recentes os Correios têm tentado achar soluções para melhorar o quadro, como a venda de planos para celulares como até mesmo a venda de aparelhos.

Comunicado dos Correios para seus clientes

“Prezado cliente, 

 Em virtude da aprovação da nova Política Comercial pelo Conselho de Administração dos Correios, informamos que o serviço e-SEDEX será descontinuado a partir de 19/06/2017. Portanto, todas as postagens deverão ser realizadas nos códigos de SEDEX ou PAC ativos no contrato. 

Acrescentamos que as pré-listas de postagem (PLP) e e-tickets (autorizações de postagem para logística reversa) geradas e não utilizadas até o dia 18/06/2017 terão os códigos de e-SEDEX substituídos pelo código SEDEX. Caso não seja do seu interesse a postagem com SEDEX, será necessário gerar nova PLP ou autorização de postagem com código de serviço PAC. 

Para mais informações, entre em contato com seu representante comercial. ”

Deixe uma resposta