Crise chegou na HTC: empresa irá demitir 1.500 trabalhadores

A crise parece ter chegado na empresa de smartphones HTC. Acontece que eles irão mandar embora cerca de 1.500 trabalhadores em sua unidade fabril de Taiwan. Isso deve acontecer a fim de otimizar suas operações e reduzir as perdas dos últimos tempos.

Infelizmente, as pessoas afetadas na mudança perderão seus empregos até Setembro desse ano. Elas representam 22% da força de trabalho que a HTC tem a partir de Junho. Uma perda e tanto. Além disso, vale lembrar que essa redução faz parte da fusão dos negócios de smartphones e VR da HTC em uma divisão.

A HTC vai demitir 1.500 trabalhadores em Taiwan

Mas será que após mandar todo esse pessoal embora eles irão conseguir algum sucesso? Ao julgar pelos últimos lançamentos, vemos que a perspectiva da HTC não é brilhante. Apesar da esperança no sucesso do novo fone de ouvido Vive Pro VR e o novo carro-chefe U12 + , a HTC continua perdendo dinheiro, e isso não é nada bom para a empresa.

Veja também:

Além disso, tempos atrás, sabemos que a HTC fechou um acordo de US $ 1,1 bilhão com o Google. Isso até aliviou parte da pressão financeira, no entanto, não se sabe até quando.

Por fim, o acordo previa que a HTC despacharia 2.000 engenheiros da sua divisão Pixel, sua mais brilhante força de trabalho, para o Google. Certamente, a empresa tem pouco tempo para mostrar todo o seu potencial e adquirir novos fãs, para assim sair dessa crise.


Obs.: Participe dos nossos grupos no WhatsApp e tenha acesso á promoções e cupons de desconto exclusivos. 

Você vai gostar

Deixe uma resposta

Close
Close