Um ano após o lançamento do Windows 10, a Microsoft termina a oferta de atualização gratuita para o seu novo sistema que foi disponibilizada para os usuários dos Windows 7, 8 e 8.1.

A oferta de atualização gratuita foi criada pela Microsoft com o intuito de acelerar o crescimento do Windows 10, onde a fabricante prometeu que chegaria a 1 bilhão de dispositivos incluindo computadores, tablets e smartphones.

As constantes e intrusivas mensagens de atualização para o Windows 10 juntamente com o ícone que surgiu próximo ao relógio irritaram bastante os usuários que não desejavam receber o update e eram bombardeados com os constantes pedidos. A proposta era tão agressiva que a Microsoft chegou a lançar atualizações que permitiam o download automático do Windows 10 nos computadores dos usuários, muitas vezes foram relatadas instalações automáticas sem a aprovação do usuário. Ao menos isto chegará ao fim com o término da oferta gratuita.

A partir de agora a atualização para o Windows 10 será paga, com as licenças custando US$ 120 (cerca de R$ 390 na cotação do dia e sem impostos) para o Windows 10 Home e US$ 200 (R$ 650 sem impostos) para o Windows 10 Pro.

O próximo passo da empresa agora é a disponibilização da nova atualização batizada de Windows 10 Anniversary Update, que será liberada no dia 02 de agosto e contará com melhorias e mudanças em diversos recursos do sistema operacional como extensões para o navegador Edge, Cortana em Português do Brasil, mudanças no menu iniciar, melhorias na central de ações e diversas outras alterações significativas.

COMPARTILHE

Deixe uma resposta