Os melhores smartphones já lançados em 2018 com entalhe

Existem aqueles que odeiam e outros que não vêem problema algum no entalhe, mas uma coisa é certa: esse recorte na tela virou tendência. Várias fabricantes de smartphones já lançaram aparelhos com essa característica, que visa diminuir as bordas e entregar mais aproveitamento de tela.

Porém, nem todas as gigantes se renderam ao entalhe, a Samsung não possui um dispositivo com notch, porém, isso pode mudar em breve. De qualquer forma, existe alguns smartphones com entalhe no mercado que vem atraindo a atenção do público, por isso, iremos listar os melhores já lançados até o momento.

Zenfone 5 e 5z

A Asus chegou forte na MWC 2018 com seus novos Zenfones 5. O modelo original entrega um aproveitamento de tela superior ao iPhone X, somando 90%. Em sua apresentação, ficou claro a qualidade do display, que possui 6,2″ (18:9) e resolução 2246×1080 pixels. Por dentro, temos um chipset Snapdragon 636 octa-core de 1,8 Ghz, GPU Adreno 509, 4GB ou 6GB de RAM e 64GB de armazenamento interno.

O aparelho também entrega ótimas câmeras, sendo duas na traseira de 12MP com abertura f/1.8, com sensor secundário de 120 graus. Na parte frontal, a Asus inseriu 8MP com abertura f/2.0. As câmeras usam inteligência artificial em várias situações, visando melhorar a qualidade das fotos. A bateria do Zenfone 5 é de 3.300 mAh e o Android 8.0 vem instalado.

Agora quando falamos do Zenfone 5z, em termos de design ele é idêntico ao seu irmão menor, incluindo a mesma tela, câmera, bateria e versão do Android, mudando apenas seu “poder de fogo”. Sai o Snapdragon 636 e entra o poderoso Snapdragon 845 octa-core de 2,8 GHz, GPU Adreno 630, 4GB, 6GB ou 8GB de RAM e  64GB, 128GB ou 256GB de armazenamento interno. O Zenfone 5 já começou a ser vendido, enquanto o Zenfone 5z apenas chega em junho por €479, algo em torno de R$ 1,900 sem impostos.

Huawei P20 e P20 Pro

O Huawei P20 e P20 Pro também possuem um entalhe na tela, mas isso não atrapalhou nem um pouco sua popularidade entre os fãs da marca. Começando pelo P20, temos um conjunto de hardware poderoso. O dispositivo chegou ao mercado com processador Kirin 970 octa-core de 2,4 GHz, Mali-G72 MP12, 4GB de RAM e 128GB de armazenamento interno. Sua tela é de 5,8″ (18:9) com resolução 2240×1080 pixels.

No quesito câmera, o P20 entrega dois sensores na traseira, sendo o principal de 12MP com abertura f/1.8 e o secundário de 20MP com abertura f/1.6. Na parte frontal, uma câmera de 24MP foi inserida. A bateria do Huawei P20 é de 3.400 mAh, e em software, temos o Android 8.0 Oreo.

Falando do modelo mais “parrudo”, em termos de design, P20 Pro é bem parecido com seu irmão. Sua maior diferença está na parte de trás, com três câmeras. O display deste smartphone é de 6,1″ (18:9) com resolução 2244×1080 pixels. Por dentro, a única mudança está na quantidade de memória RAM, saindo de 4GB para 6GB. A bateria também aumentou para 4.000 mAh.

O maior destaque do P20 Pro são suas câmeras triplas, com todos os sensores da Leica, sendo o principal de 40MP, enquanto os outros entregam 20MP e 8MP, com abertura f/1.8, f/1.6 e f/2.4, respectivamente. Essas lentes já se mostraram muito potentes, com um zoom fantástico, por exemplo. O Huawei P20 Pro já está em pré-venda por US$ 882,98, algo em torno de R$ 2980,06 sem impostos.

Oppo R15 e R15 Dream Mirror Edition

A chinesa Oppo também apresentou dois smartphones com o polêmico entalhe, o Oppo R15 e R15 Dream Mirror Edition. Ambos são bem semelhantes, pois além do design, entregam a mesma tela de 6,28″ com resolução 2280×1080 pixels, interface ColorOS 5.0 baseada no Android 8.1 Oreo e recursos de inteligência artificial.

Por dentro, o Oppo R15 vem com um processador MediaTek Helio P60, GPU Mali-G72 MP3, 6GB de RAM e 128GB de armazenamento interno. Na traseira há duas câmeras, sendo o sensor principal Sony IMX519 de 16MP com abertura f/1.7, enquanto o secundário entrega 5MP e abertura f/2.2.

Com a ajuda do sensor da Sony e IA, o smartphone consegue reconhecer até 120 cenas e adicionar efeitos profissionais as imagens. Para selfies, a Oppo inseriu um sensor de 20MP com abertura f/2.0. Para manter o aparelho ligado, temos uma bateria de 3,450 mAh. Já é possível adquirir o Oppo R15 por US$ 474 nas cores vermelho, branco e azul.

O Oppo R15 Dream Mirror Edition possui algumas diferenças. Sai o processador Helio P60 da MediaTek e entra o Snapdragon 660 com GPU Adreno 512. A quantidade de memória RAM e armazenamento permanece a mesma. Curiosamente, a bateria caiu para 3,400 mAh. O sensor principal Sony IMX519 de 16MP foi mantido, mas o secundário “saltou” para 20MP com abertura f/1.7. A câmera frontal é de 8MP. O Oppo R15 Dream Mirror Edition está disponível nas cores vermelho e preto por US$ 521.

Vivo X21

O Vivo X21 chega com um design bem característico da marca, com bordas finas e corpo em alumínio. Sua tela é de 6,2″ (18:9) e no controverso entalhe, ficam os sensores, alto-falante para chamadas e a câmera frontal de 12MP com abertura f/2.0. Por dentro, o Vivo X21 entrega um processador Snapdragon 660 octa-core, GPU Adreno 512,  6GB de RAM e 64GB de armazenamento interno.

Em sua traseira, há dois sensores de 12+5MP, com abertura f/1.8 e f/2.4, respectivamente. O Vivo X21 também possui uma variante com 128GB de armazenamento, além de um recurso bem interessante, leitor biométrico na tela. Uma bateria de 3.200 mAh, com suporte a carregamento rápido, alimenta o aparelho. Em software, temos o Android Oreo 8.1 baseado na interface OS 4.0.

Quanto ao preço, o Vivo X21 mais básico custa US 458, algo em torno de R$ 1.506, enquanto a versão com mais armazenamento sai por US$ 505, ou R$ 1.660. 

Wagner Pedro

Apaixonado por tecnologia e smartphones, editor de conteúdo audiovisual e redator do Tudo em Tecnologia.

Você vai gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close