Poco F1: Xiaomi é acusada de falsificar amostra da câmera do smartphone

1

O Pocophone F1 está sendo bem procurado nos últimos tempos, e os motivos são bem claros. Primeiro pelo seu preço em conta, e depois por ser o smartphone com processador SD 845 mais em conta do mercado. No entanto, assim como outros aparelhos, ele tem seus defeitos. Um deles é o departamento das câmeras, que está bem longe de se equiparar ao um smartphone top de linha.

Agora, parece que alguns usuários estão insatisfeitos com a companhia. Na verdade, tudo começou com o porta-voz da Xiaomi, Donovan Sung  que compartilhou uma imagem no Instagram com ele pilotando uma scooter elétrica, alegando que a imagem foi  clicada usando o  POCO F1.

No entanto, alguns usuários do Reddit observadores perceberam algumas coisas estranhas. Eles apontaram que o executivo já havia usado a mesma imagem para promover o Mi Mix 2S de 2018. E prova disso é que a imagem original possui a marca d’água com o nome Mi Mix 2s, e no caso, teria sido apagada pelo executivo. Porém, não foi o suficiente para não ser notada pelos olhos dos usuários atentos. 

Veja também:

De qualquer forma, esse tipo de prática acaba que denegrindo a imagem de uma empresa tão séria, que sabemos que é competente e tem qualidade. A princípio, a Xiaomi não seria a única a cometer esse tipo de enganação, uma vez que a Samsung do Brasil também foi acusada de promover a câmera selfie do Galaxy A8 usando foto de banco de imagens.


Obs.: Participe dos nossos grupos no WhatsApp e tenha acesso á promoções e cupons de desconto exclusivos:

1 COMENTÁRIO

  1. Isso é bem chato e queima mesmo o filme da marca, pior que esta bem visível a adulteração na foto no caso recitada para o Pocophone, se eu fosse a Xiaomi trataria de lançar alguma atualização muito boa para a câmera deste smartphone como forma de se desculpar do deslize deste executivo fanfarrão!

Deixe uma resposta