O Redmi 3 foi apresentado no início de 2016, logo no mês de janeiro, e com grandes evoluções em relação a geração anterior, o Redmi 2 que nós testamos. Mas a Xiaomi não se contentou e lançou uma versão ainda melhor do seu aparelho de entrada, o Redmi 3 Pro que vem com uma configuração arrasadora e bons recursos, além claro, de um preço muito competitivo.

Redmi 3 Pro

O acabamento do Redmi 3 Pro é em metal, o que garante um toque especial e agradável. Na parte traseira do aparelho encontramos uma novidade, o leitor biométrico, presente apenas na versão Pro.

Mas falando de hardware, o chipset do Xiaomi é um Snapdragon 616 64-bit com 8 núcleos, sendo 4 deles rodando a 1.2 GHz e mais 4 até 1.5 GHz e sua GPU é a Adreno 405. Outra novidade boa do Redmi 3 Pro é a quantidade de memória RAM e armazenamento, temos 3 GB e 32 GB (expansível via microSD) respectivamente.

Redmi 3 Pro-3

A tela é IPS HD de 5 polegadas com resolução de 1280 x 720 pixels. A câmera traseira permanece a mesma com 13 megapixels e flash LED, além da frontal com 5 MP. A bateria é mais um destaque, são ótimos 4100 mAh, o que garante excelente autonomia ao Redmi 3 Pro.

Lembrando que o Redmi 3 Pro possui conectividade 4G LTE compatível com padrão brasileiro (2600 MHz), além de ser dual-SIM, recurso muito utilizado por milhões de brasileiros.

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS:

  • CHIPSET: Snapdragon 616 64 bits;
  • PROCESSADOR: Octa-core de até 1.5 GHz;
  • GPU: Adreno 405;
  • MEMÓRIA RAM: 3 GB;
  • MEMÓRIA INTERNA: 32 GB;
  • CÂMERAS: 13 megapixels com flash LED e frontal com 5 MP;
  • TELA: 5″ IPS com resolução HD;
  • BATERIA: 4100 mAh;
  • SISTEMA: MUIU 7 (Android 5.1).

Mais uma vez a Xiaomi detona os concorrentes em relação ao custo-benefício e o Redmi 3 Pro pode ser comprado por US$168,99 (R$598 reais sem impostos). E claro, tem envio grátis para qualquer lugar do Brasil, confira:



publi

COMPARTILHE
Ex-estudante de Educação Física. Abandonei a carreira de professor de Educação Física para entrar de vez no mundo dos Gadgets com o Tudo em Tecnologia. Seja bem-vindo ao Tt!

12 COMENTÁRIOS

    • Sim, imposto é de 60% quando é taxado.

      Estou com Redmi 3, estou testando ele. Paguei R$136 de imposto ja com a taxa de R$12 dos correios.

      As primeiras impressões do Redmi 3 são excelentes e o Redmi 3 Pro é ainda melhor…

      Bateria é incrível.

    • comprei um redmi 3 pro, fui taxado paguei 410 com a taxa do correios ultrapassando o 60% do valor final da compra. porem to curtindo o aparelho, rezando p não dar problema, infelizmente não tem garantia no brasil.

      • Diego,

        Qual modalidade de envio você comprou? Pagamos R$136 no meu Redmi 3. Realmente sua taxa foi muito acima do padrão. Estamos de olhos e várias pessoas estão pagando entre R$100 a R$200 no máximo, isso tanto no Redmi 3 Pro, como no Redmi Note 3 Pro que é um pouco mais caro.

        Lembrando que quando escolhe o frete EMS, que é a forma mais rápida, sempre a taxa é bem mais alta.

  1. Por que a Xiaomi não lança esse aparelho no Brasil? Creio que mudaria tudo na sua situação no país e ela não cogitasse mais encerrar suas operaçoes no nosso país. Preferiria comprar esse Redmi 3 Pro Gold para a minha esposa (achei fantástico) já fabricado no Brasil. Gostaria muito de possuir esse smartphone, também. Creio que o potencial de vendas desse produto é enorme e pode mudar a história do fabricante no nosso país.

  2. Olá, Thalisson. Já houve atualização para o Android Marshmallow? Estou inclinado a comprar um Redmi 3 Pro, mas em dúvida entre ele e o Umi Touch 4G que já tem o Marshmallow. Abs!

  3. Entendi. Eu tive o Redmi 2, gostei da MIUI, mas acho curioso esta postura da Xiaomi de não utilizar as versões mais recentes como base para as novas MIUI. Difícil decidir, gosto do Redmi Pro 3, mas tb não queria ficar com Android defasado… rs. Vlw!!

Deixe uma resposta