Review Xiaomi Mi A1: lindão, Android puro e câmera dupla

Android puro e atualizado, design belíssimo, mas bateria e câmera frontal deixam a desejar

Quando a Xiaomi anunciou para o mundo seu primeiro smartphone com Android puro pegou todos de surpresa, afinal, a empresa chinesa sempre deu grande destaque a MIUI, sua “versão” própria do S.O Google. E hoje você vai conferir o Review Xiaomi Mi A1 e ver o que ele tem para oferecer.

Será que o Android puro e atualizado juntamente com uma boa configuração serão motivos suficientes para comprar o Xiaomi Mi A1? Vamos descobrir…

ONDE COMPRAR?

GEARBEST – DESCONTO MI A1

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS:

  • CHIPSET: Snapdragon 625
  • PROCESSADOR: Octa-core de até 2.0 GHz
  • GPU: Adreno 506
  • MEMÓRIA RAM: 4 GB
  • MEMÓRIA INTERNA: 64 GB (expansível)
  • CÂMERAS: Dual 12 MP com flash dual-LED e frontal com 5 MP
  • TELA: 5.5″ IPS com resolução Full HD
  • BATERIA: 3080 mAh
  • DIMENSÕES: 15,5 cm x 7,5 cm x 7,3 mm (A x L x E)
  • LEITOR BIOMÉTRICO: Sim
  • CONEXÕES: WiFi AC, Bluetooth 4.2, USB Tipo-C, 4G LTE
  • SISTEMA: Android 8.0 Oreo

REVIEW XIAOMI MI A1

ACABAMENTO e DESIGN

A construção do Mi A1 é exemplar para um aparelho em sua faixa de preço, pois ele é unibody em metal, onde claramente temos uma sensação de smartphone premium, com muita qualidade ao toque. Os detalhes brilhante em dourado em toda borda da tela dá uma beleza a mais.

Já em termos de design, ele lembra muito o Mi Max 2, mas a inspiração clara do Mi A1 é o iPhone e colocando os dois lado a lada dá para notar as grandes semelhanças, embora como seus botões são touch, não dá pra confundir com o iPhone devido botão do Touch ID ser bem diferente.

No geral, o Mi A1 é o dispositivo mais bonito da Xiaomi que já tive em mãos, superando o Mi Max 2. Ele é bem slim com somente 7,3 mm de espessura, mas bem que poderia ser um pouco menor, tem 15.5 cm de altura e 7,5 cm de largura, porém é leve com seus 165 gramas de peso. Sua pegada é muito boa e mesmo sendo relativamente grande, encaixa bem.

Review Xiaomi Mi A1

O Xiaomi Mi A1 está disponível atualmente em 4 cores: preto, dourado, rosa e vermelho. E sem dúvidas o design é um dos seus pontos fortes. E também ele é bem resistente a arranhões, pois mesmo usando por muitos dias sem capa, não tem detalhes, nem na tela e nem na parte traseira.

CÂMERAS

Equipado com dois sensores na parte traseira, o Mi A1 conta com uma lente de 12 megapixels com abertura f/2.2 e outra também de 12 MP, mas abertura de f/2.6 e graças a esse conjunto o smartphone consegue capturar fotos com fundo desfocado e zoom óptico de 2x sem perder a qualidade como acontece no zoom digital.

Com boa iluminação, o Mi A1 consegue capturar boas fotos e bom nível de detalhes, mas falta alcance dinâmico em algumas situações. O modo retrato funciona bem e consegue desfocar o fundo. São imagens mais que suficientes para uma boa qualidade em redes sociais.

Ele poderia ter cores mais vivas, é um tom mais suave e às vezes em algumas situações parece até um pouco desbotado alguns tons, como vermelho. Mas isso acontece apenas algumas vezes, na maioria das vezes é possível capturar ótimas imagens com o Xiaomi. Lembrando que sempre no modo automático, que é o mais usado. Quem tem conhecimento mais avançado, é possível extrair mais usando modo manual.

O modo retrato é o ponto positivo do Mi A1, as fotos tem boa qualidade e o fundo desfocado realça bem a qualidade da imagem e destaca as pessoas ou objetos. Já pra selfies, o sensor de 5 megapixels se mostrou bem básico, então não espere grande qualidade dele, mas está dentro do esperado para seu preço, porém fica bem abaixo do Mi 5c.

Para quem grava muitos vídeos, a qualidade do Mi A1 deixou a desejar! Basta baixar apenas um pouco a iluminação para ficar alta a granulação e qualidade ir para o espaço. Mesmo em 4k ele não se saiu bem como estava esperando.

Em geral, nas fotos normais, o Mi A1 é apenas OK, nade de destaque e está condizente de acordo com seu preço, mas no modo retrato ele é excelente e realmente captura fotos incríveis e faz toda diferença! Para usuários mais avançados é possível fazer root e instalar app Câmera do Google e assim melhorar bastante a qualidade das fotos.

CONEXÕES

A Xiaomi tem um padrão bem parecido em relação as conexões dos aparelhos e o Mi A1 segue a mesma tendência, é dual-SIM, porém o slot é híbrido: ou usa 2 chips-SIM ou 1 chip e um microSD, não sendo possível usar os três ao mesmo tempo.

Ele é muito completo, tem Bluetooth 4.2, WiFi padrão AC 2.4 e 5.0 GHz, GPS com A-GPS, GLONASS e BDS (funciona muito bem) e infravermelho já incluso app Remote da Xiaomi, onde é possível controlar vários gadgets com seu smartphone, como SmartTV, Som, etc.

As conexões funcionaram muito bem, inclusive o 4G LTE sendo reconhecido automaticamente. E vale o destaque que é possível espelhar o smartphone com SmartTV, onde testei e gostei bastante, sendo até uma surpresa para um aparelho tão acessível.

DESEMPENHO

A configuração do Mi A1 é muito conhecida, o chipset Snapdragon 625 Octa-core de até 2.0 GHz aliado a GPU Adreno 506, porém o smartphone da Xiaomi conta com ótimos 4 GB de memória RAM, e isso faz a diferença no desempenho no dia a dia.

Nunca os smartphones baratos ofereceram tanta performance como atualmente, e o Mi A1 é uma prova clara do avanço. Durante vários dias usando como meu aparelho principal não tive problemas com engasgos, travamentos, nada de nada! E colocando ele lado a lado com o Galaxy Note8, em tarefas básicas do dia a dia, o Xiaomi tem desempenho bem próximo.

Com resolução da tela Full HD, o desempenho da GPU Adreno 506 em games será bem suficiente para rodar os jogos da Play Store. Tem boa jogabilidade, porém os gráficos não ficam tão belos como em aparelhos TOP, isso já é bem esperado, mas em nem um momento ele decepciona na jogatina.

Com um desempenho impecável para sua faixa de preço, o Xiaomi Mi A1 atende muito bem e se mostrou rápido em qualquer situação e um multitarefa muito bom graças os 4 GB de memória RAM, o que garante mais apps carregados. A experiência de uso foi muito boa e mesmo usando smartphones mais potentes, o Mi A1 mandou muito bem e conseguiu atender de forma impecável se considerar seu preço.

SISTEMA

Uma das tradições da Xiaomi é sua própria personalização do Android, a MIUI, mas a empresa chinesa trouxe o Mi A1 em parceria com Google, então ele tem o Android quase puro (exceto por dois apps, Mi Remote e Feedback.

O Mi A1 foi lançado com Android 7.1.2, mas com a vantagem de ter um sistema quase sem modificações, o update para a versão 8.0 Oreo foi bastante rápida e nosso aparelho já recebeu o novo S.O via OTA sem problemas e você pode conferir aqui 10 novidades do Android 8.0.

Com muitas novidades, logo de cara já percebemos as notificações nos aplicativos usando o Android 8.0 o que é muito bom. O launcher lembra o Pixel de primeira geração, porém bem que poderia ter opção de reduzir o tamanho dos ícones, pois é um pouco grande.

Outra boa novidade do Android 8.0 é poder usar dois aplicativos lado a lado, o que é bastante prático e ajuda no dia a dia para ver duas coisas ao mesmo tempo, sendo legal para trabalhar, mas também para os fãs de redes sociais, com Facebook e Instagram lado a lado, por exemplo. E tanto pode ser na vertical, como na horizontal.

No mais, é o Android 8.0 com opção de idioma em português do Brasil, atualizações via OTA e Play Store, onde é possível baixar seus apps e games preferidos. Ao contrário dos outros Xiaomi como MIUI onde é preciso instalar a versão Global, no Mi A1 isso não é necessário.

TELA

O Xiaomi Mi A1 vem equipado com um display de 5.5 polegadas com resolução Full HD de 1920 x 1080 pixels com tecnologia IPS, o que garante bom ângulo de visão. A tela também tem proteção contra riscos Corning Gorilla Glass 3 e se mostrou suficiente para não riscar durante uso normal do dia a dia sem película.

A qualidade de imagem é boa, com cores mais frias e bem que poderiam ser mais vibrantes. Nesse ponto o Lenovo P2 se sai melhor. O touchscreen responde bem aos comandos sem falhas e o brilho é mais que suficiente para usar em qualquer ambiente.

BATERIA

De fábrica o Mi A1 é equipado com uma bateria de 3080 mAh, o que na teoria deveria entregar uma boa autonomia, afinal o chipset Snapdragon 625 é bem eficiente, certo? Na prática ele foi apenas razoável, o que mostra que o Android puro não tem bom gerenciamento de energia, pelo menos foi o que vi em modelos da Motorola e agora Xiaomi, pois ainda não testei o Google Pixel.

Com uso moderado, o máximo que consegui foi uma autonomia de 5 horas de tela, o que dá para ficar um dia inteiro longe da tomada, recarregando o smartphone apenas a noite. Porém usuários mais avançados podem ficar sem carga antes disso. Ele não chega a decepcionar, mas bem que poderia ser melhor nesse quesito.

VALE A PENA?

A Xiaomi fez uma aposta em lançar um smartphone com Android puro, pois pode acostumar seus fãs a isso e ver o desenvolvimento da MIUI ter concorrência. Mas a verdade é que deu muito certo, pois quem gosta da MIUI tem o Mi 5X, já os fãs do Android puro tem o Mi A1.

Para quem está procurando um smartphone com preço acessível, mas uma experiência de performance excelente e com um design belíssimo e Android atualizado, sem dúvidas o Mi A1 vai atender muito bem, além de oferecer fotos excelentes no modo retrato, mas a câmera frontal pode não agradar os fãs de selfie.

No geral, ele tem muitos mais pontos positivos que negativos e vale a pena sim comprar o Mi A1. Mas quem puder gastar um pouco mais, dá uma olhada Xiaomi Mi Note 3, ele custa um pouco a mais, porém tem chipset mais poderoso e câmeras muito melhores!

Xiaomi Mi Note 3: belo design, potente e ótimas câmeras


ONDE COMPRAR?

GEARBEST – DESCONTO MI A1


PERGUNTAS E RESPOSTAS

Demora muito tempo para chegar?

A entrega varia de região para região, mas o normal na grande maioria dos casos é na casa dos 20 a 30 dias. Porém o final de ano os Correios com atrasos e somado a isso greve dos agentes da Receita, então ele demorou pouco mais de 70 dias corridos para chegar. Mas isso foi problema de fato com Correios, sendo que em compras no Brasil via PAC eu recebei encomendas com 34 dias!

Paga imposto?

Todo produto importado de uma loja pode ser taxado, porém o Mi A1 foi uma excessão e foi liberado sem pagamento de taxas.

É seguro comprar na GearBest?

Sim, 100% seguro! A loja já é nossa parceira de longa data, então pode comprar com tranquilidade. Você pode aprender a comprar corretamente na loja seguindo nosso tutorial AQUI.

O produto tem garantia?

Sim, a loja oferece 1 ano de garantia a partir da data da compra. Para saber mais sobre garantia, consulte termos no site da loja.

Se você tem alguma dúvida sobre o Mi A1 ou de como importar o seu, deixe seu comentário!

NOTAS

CÂMERAS - 8
SISTEMA - 9.5
DESEMPENHO - 9
TELA - 8.5
CONSTRUÇÃO - 9.7
BATERIA - 7.5
CUSTO-BENEFÍCIO - 10
User Rating: 4.27 ( 3 votes)

Você vai gostar

Deixe uma resposta

Fechar
Fechar