Teste comprova que Face ID não é tão seguro quanto parece

Um diferencial do iPhone X para os modelos anteriores é a sua tecnologia de reconhecimento facial 3D, o famoso Face ID. De acordo com a Apple, o sistema é seguro e sem falhas, porém, um teste comprovou que não é bem assim.

A Bkav, uma empresa de segurança do Vietnã, comprovou que o Face ID pode ser enganado com a ajuda de uma máscara que contenha alguns detalhes do rosto do dono do aparelho.

A máscara foi criada em uma impressora 3D, com imagens em 2D dos olhos e um nariz de silicone, e isso foi suficiente para desbloquear o iPhone X. Além disso, outros testes mostram que a tecnologia da Apple pode ser burlada por irmãos gêmeos.

Até agora, a empresa afirma que não sabe dizer como isso foi possível, e que talvez o desbloqueio possa não acontecer com outras pessoas que fizerem esse teste.

De qualquer forma, os especialistas de segurança da companhia alertam que, isso é um problema que os proprietários do iPhone X devem se preocupar, já que a empresa comprovou que o Face ID não é tão efetivo.

 

Via
CanalTech

Você vai gostar

Deixe uma resposta

Close
Close