Google exigirá que fabricantes liberem atualizações de segurança do Android para seus usuários

Durante o Google I/O 2018, além de apresentar as novidades do Android P, a Google deixou claro seus planos para versões mais antigas do Android. A empresa afirmou que mudará as políticas de segurança. Em breve, todas as fabricantes de smartphones Android serão obrigadas a liberarem atualizações de segurança para seus usuários. O anúncio foi feito por David Kleidermacher, chefe de segurança do sistema.

O executivo disse que a Google atualizou os termos de segurança com as fabricantes para exigir que os pacotes sejam oferecidos aos usuários. “Isso realmente vai levar a um grande crescimento no número de dispositivos e usuários recebendo atualizações de segurança regularmente”, disse ele.

VEJA TAMBÉM

Pixel 2 e 2 XL, os primeiros smartphones a receberem as atualizações da Google

Tradicionalmente, a Google libera correções para o Android no início de cada mês, entregando logo em seguida para as empresas parcerias, no entanto, elas nem sempre os utilizam. Na maioria das vezes, as fabricantes se concentram em liberar os updates de segurança recentes somente para seus smartphones top de linha. A Google pretende acabar com isso em breve. Ainda não temos informações sobre os novos termos, dado que a Google disse apenas que as atualizações serão regulares. Porém, a tendência é que a empresa obrigue as fabricantes a liberem os pacotes de segurança pelo menos mensalmente.

Via
TecnoBlog

Você vai gostar

Deixe uma resposta

Fechar
Fechar