Para quem não sabe, o Xiaomi Mi 5s e Mi 5s Plus foram lançados em setembro de 2016. Ambos chegaram ao mercado rodando o Android Marshmallow, e algum tempo depois, receberam a versão Nougat. No entanto, os usuários desses dispositivos ainda aguardam a chegada do Android Oreo, que foi prometido pela Xiaomi, mas até então, nunca foi liberado. Bastante chateados com a situação, os proprietários do Mi 5s e Mi 5s Plus foram até a página do CEO Lei Jun no Weibo, e encheram a mesma de reclamações sobre o atraso na liberação da atualização.

Pouco tempo depois, a Xiaomi divulgou uma declaração oficial explicando as razões do atraso. A fabricante afirma que está tendo problemas técnicos no Mi 5s Plus devido a sua configuração de câmera dupla. No entanto, a equipe de P&D trabalha em parceria com a Qualcomm em busca de uma correção. A Xiaomi também mencionou problemas no leitor biométrico do Mi 5s.

VEJA TAMBÉM

Até o momento, nem a Qualcomm ou Xiaomi encontraram uma solução, mas ambas as empresas esperam que o problema seja resolvido em algumas semanas. Por fim, o comunicado informa que o Android Oreo estará disponível no início de outubro, mas não sabemos se é a versão estável ou beta. Lembrando que a Xiaomi precisa da ajuda da Qualcomm nesses dois dispositivos pois o leitor biométrico do Mi 5s é fabricado pela gigante dos chipsets, e a câmera dupla do Mi 5s Plus utiliza o ISP Spectra da Qualcomm.

Baixe o Aplicativo Tudo em Tecnologia e fique ligado no que há de melhor em tecnologia e promoções em smartphones!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here