Tem como piorar? Correios vai fechar 513 agências

Sabemos a taxa de desemprego no Brasil continua em alta, e os Correios infelizmente irão contribuir para esse número aumentar ainda mais. Acontece que eles decidiram fechar nos próximos meses 513 agências próprias e demitir os funcionários que trabalham nelas, o que deve atingir 5.300 pessoas.

Diante disso, a estatal pretende economizar R$ 190 milhões com a ação. A medida foi aprovada em reunião da diretoria em fevereiro e é mantida em sigilo pela empresa. Essas demissões irão ocorrer em várias partes do país. Por exemplo, em Minas, das 20 mais rentáveis, 14 deixarão de funcionar. Os clientes serão atendidos por agências franqueadas que funcionam nas proximidades das que serão fechadas.

Já no estado de São Paulo, serão fechadas 167 agências, sendo 90 na capital e 77 no interior. De acordo com o ex-presidente dos Correios Guilherme Campos, as demissões poderão ter um número ainda maior do que o citado á cima, dependendo da capacidade financeira para indenizar os trabalhadores.

Infelizmente, diante de situações como esta e o péssimo serviço dos Correios  com relação ás encomendas internacionais, até mesmo as grandes lojas chinesas já estão desistindo de  vender produtos, como por exemplo, a Loja TomTop, que pausou as vendas por aqui por tempo indeterminado.

Veja também:
Via
Estadão

Você vai gostar

Um Comentário

  1. É rir para não chorar, situação vai de mal a pior…quando a gente pensa que vai estabilizar ou dar uma guinada para melhor vem uma notícia desta para jogar a pá de cal…R.I.P Correios e nossas importações!

Deixe uma resposta

Fechar
Fechar